Carta para PAIS de Adolescentes

Atualizado: 15 de Mai de 2020

Queridos pais e mães de adolescentes,

Pode ser que eu te encontre um tanto contrariado com esse seu cargo de mãe ou pai de um ser tão mutante... parece não existir saída para um relacionamento mais tranquilo nessa etapa da vida


Eu vim aqui para te dizer que eu entendo que. Educar não é mole, mas pode te trazer muita alegria. Pode ser difícil, mas há um caminho macio e suave para percorrer e viver o momento nessa fase tão interessante.

Caminhar com um adolescente pode ser um mundo com muitos aprendizados e desafios, que te inspiraram a olhar com mais cuidado e a entrar nesse mundo tão fechado.

Entender de heróis, de fracassos, de poderes e de chateações. Saber que tudo é um flash e muito intenso. Que tudo marca e registra uma emoção.

Viver de cores ou em preto e branco. No mundo de games, de arte, de música, de cinema, de livros, de redes sociais, de chats e de solidão.

Um bom falante, um bom ouvinte. Dividir os sonhos, os medos, as frustrações, a ansiedade e as aspirações. Saber quem ele admira. Quem ele desaprova. O que ele quer seguir e porque ele segue algo contrário...

Saber que o respeito tem nome, cor e cara. Distinguir que o sentimento que está disfarçado é um pedido de aceitação e emoção. Saber recuar, avançar ou mesmo, ficar do lado.

Descobrir como ser o apoio e ao mesmo tempo a autoridade para fazer dessa criatura uma pessoa melhor vai ser o seu melhor papel nessa vida... ajudar a criar outra pessoa.

Descobrir que tem alguém interessante em formação que foi você que colocou no mundo e que mesmo assim tem tanto para dividir e aprender junto.

Esse mundo de adolescência pode trazer emoções e aprendizados positivos até mesmo nas paradas mais duras. Sim, porque dentro das nossas imperfeições temos que saber que não podemos exigir seres perfeitos. Mas, seres em formação. E nos responsabilizar não só em ensinar, mas em apoiar, suportar e se relacionar, conectado ideias, impressões, valores e uma cuca toda fresca para ser construída com várias novas ideais.

E se você descobrisse que tem um universo de novas possibilidades, quando abre a porta, esperando esse ser desabrochar? Que as mudanças físicas e neurológicas, além da sua formação de personalidade podem ser todas muito duras e difíceis quando não temos com quem dividir?

Se você soubesse que a comunicação abre uma porta linda que une você a esse ser, e de novo te abrem novas portas para você se atualizar como ser humano?

Que o tempo com eles é precioso e benéfico, para você tanto quanto para ele.

Se você soubesse que pode influenciar e amar? Ser aceito e aceitar. Entender e experimentar situações novas evitando que tenha dor.

Dá trabalho. Requer tempo e investimento mas traz uma recompensa linda. E para o resto da vida. Olhar para sua relação com seu pai e com sua mãe e lembrar o que era bom e o que podia melhorar. É isso que queremos: acertar. E muitas vezes agimos como nossos pais. Perdemos a chance de fazer algo nosso, nessa época e agora com eles. O momento é rápido, passageiro e vai deixar marcas.

Que marcas você quer deixar? A confiança e a amizade podem fazer toda a diferença. O tempo voa e passa depressa. Decida por não desperdiçar. Essa pessoa vai continuar sendo seu filho depois da adolescência e vai virar seu amigo e pai dos seus netos. Então, faça o melhor: desbrave, conecte se e se aproxime.

Aproveite para renovar seu repertório e dar de si, pode ser divertido e extraordinário.

Quem assina é alguém que faz isso e está colhendo bons resultados,

Claudia Farias

Mãe de Marina & Vinicius

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo